01/12 7:30

Governo do Maranhão encerra atividades da III Conferência de Políticas Penitenciárias

Vice-governador Carlos Brandão na premiação do Gespen

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), encerrou, na última quarta-feira (27), as atividades da III Conferência de Políticas Penitenciárias. O evento foi marcado pela premiação às melhores unidades prisionais do Maranhão e por diversas palestras com foco em dinamizar os trabalhos no ambiente penitenciário.

“Vamos mostrar os avanços que tivemos na área prisional. São trabalhos extraordinários. Temos presos trabalhando, estudando, os resultados são muito bons. Temos que mostrar para o Maranhão e para O Brasil o que estamos fazendo, o que fizemos nesses quatro anos de governo”, declara o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

O evento, com início na segunda-feira (25), promoveu a cerimônia do Programa de Gestão Penitenciária (Gespen), momento no qual as unidades prisionais que obtiveram os melhores índices nas mais diferentes áreas são premiadas.

Todos os vencedores do prêmio GESPEN com o vice e o secretário Murilo Andrade

As Unidades Prisionais de Ressocialização (UPR´s) vencedoras do Gespen foram a do Anil, Colinas e Paço do Lumiar, respectivamente, primeiro, segundo e terceiro lugares na categoria de pequeno porte; as UPR´s de Itapecuru-Mirim, primeira colocada, Açailândia, sengunda posição e Chapadinha, em terceiro lugar, ganharam na categoria médio porte; e a Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 2 (UPSL2) foi a vencedora na categoria grande porte.

Os primeiros colocados das três categorias foram premiados, cada um dos diretores, com troféu, placa, viagem para conhecer boas práticas prisionais em outros estados, R$ 5 mil para a aquisição de móveis planejados confeccionados pelos internos, além de brindes e certificados aos servidores. Já as unidades que ficaram em segundo e terceiro lugares, foram premiadas com troféu.

Sec. Murilo Andrade foi o mediador do 2º dia da Conferência sobre o Painel inclusão Social de Pessoas Presas e Egressas

“A proposta da Conferência é a agregação de conhecimentos e troca de experiências, onde o servidor pode aplicar, de forma prática, aquilo que aprendeu seja na área da segurança, humanização e até infraestrutura do ambiente prisional”, afirma o secretário da Seap, Murilo Andrade.

Entre os painéis abordados na Conferencia estavam, por exemplo, pontos como tecnologia, arquitetura prisional, segurança, abordados no primeiro dia. No dia seguinte, os servidores puderam assistir palestras sobre a gestão, educação e trabalho no ambiente prisional.

Para fechar o evento, foi realizado momento com os servidores onde foram tratadas questões sobre a metodologia Apac, políticas de prevenção à tortura, violação dos Direitos Humanos e Políticas Públicas.

Sec. Murilo Andrade encerrou a conferência durante dia destinado aos servidores da SEAP

ACESSE AQUI AS FOTOS DA 3ª CONFERÊNCIA DE POLÍTICAS PENITENCIÁRIAS 

TEXTO: Alan Jorge

FOTOS: Clayton Monteles

———————————————————————————————————–

Contatos

contatos

GERAL

Fone: (98) 99101.5131

Localização

localização