30/01 9:04

Gestão estadual inicia trabalhos dos Grupos Temáticos Reflexivos com cumpridores de penas alternativas

Grupo Reflexivo participando das atividades com o Narcóticos Anônimos

Na manhã desta quarta-feira (29), a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), através da Supervisão de Reintegração Social, em parceria com a 2ª Vara de Execuções Penais de São Luís, iniciou as atividades dos Grupos Temáticos Reflexivos voltados para a reeducação de forma consciente para os cumpridores de Alternativas Penais.

O primeiro ciclo de trabalho abordou o tema ‘Uso e Abuso de Álcool e outras Substâncias’, com a participação dos Narcóticos Anônimos. Durante o programa serão propostas atividades como roda de diálogo, roda de conversa, explanação dialogada, palestras, oficinas e workshops abordados em cinco eixos temáticos, sendo estes: violência contra a mulher, uso e abuso de álcool e drogas, crimes de trânsito, crimes ambientais e pequenos furtos.

Os grupos temáticos fazem parte de um programa que atua junto ao cumprimento da pena em crimes de menor potencial ofensivo, de maneira educativa e reflexiva, sem perda do caráter punitivo. “Os grupos são espaços de escuta e reflexão, que geram um processo de auto responsabilização às pessoas condenadas em crimes de menor potencial, sendo uma alternativa à prisão, onde os apenados não serão expostos à situação de cárcere”, explicou Maíra Dutra, supervisora de Reintegração Social.

Além de realizar uma abordagem educativa, a atividade também prevê transformação na consciência, prevenindo, assim, a probabilidade de novas reincidências.

As ações serão realizadas em parceria com o Programa Justiça Presente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e órgãos como o Tribunal de Justiça (TJMA), os Narcóticos Anônimos, Secretaria de Saúde do Estado (SES), Polícia Militar, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Secretaria Municipal de Trânsito (SMTT), Serviço Social do Transporte (SEST), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT), Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os grupos fazem parte de um cronograma de atividades permanentes que acontecerão na Central de Alternativas Penais e Inclusão Social, localizado na Avenida Jerônimo de Albuquerque, nº 2021, Curva do Noventa, onde é desenvolvido um trabalho em prol da gestão prisional, a fim de fortalecer a Política de Alternativas Penais e, consequentemente, contribuir para a redução do encarceramento em massa no estado.

Texto: Camilla Andrade
Foto: Clayton Monteles

——————————————————————————————-

Contatos

contatos

GERAL

Fone: (98) 99101.5131

Localização

localização