09/02 7:30

Governo realiza mais de 1 milhão de atendimentos em saúde no sistema prisional do MA em 2019

Interno recebendo os cuidados da atenção básica nas unidades penitenciárias (2)

O Governo do Estado do Maranhão tem realizado diversas iniciativas que garantem o acesso à saúde básica através da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), às pessoas que estão sob custódia do estado em todas as unidades penitenciárias do Maranhão. Os atendimentos na prevenção resultaram em um aumento de mais de 30,6% em 2019.

No ano passado, a Seap realizou 1.055.855 em atendimentos. Em 2018, foram realizados 808.468 procedimentos em atendimentos preventivos que incluem enfermaria, consultas, exames, testes rápidos, cirurgias, etc. Sendo eles, 356.648 em 14 unidades da capital, e 451.820 no interior.

Todo o trabalho é desenvolvido pela Supervisão de Saúde (SSA) da Seap, que coordena dois núcleos de saúde para urgência e emergência, sendo que o núcleo 1 funciona 24 horas por dia. Inclui ainda, o Centro de Triagem, equipes multidisciplinares, e também, unidades para promoção da saúde e garantia de atendimentos em assistência médica, hospitalar e ambulatorial.

“A Seap possui o grande desafio de manter sob a custódia do estado mais de 10 mil reeducandos vivendo em um ambiente humanizado, no qual eles têm acesso à saúde com atendimentos variados e de acordo com o que prevê a Lei de Execução Penal”, destaca o secretário Murilo Andrade.

Com foco na oferta dos serviços, a Seap conta com equipes multidisciplinares compostas por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, psicólogo, terapeuta ocupacional, assistente social e dentista, disponíveis para atender as 45 unidades em todo o estado.

Equipe de saúde realiza exames básicos e testes rápidos nos internos.

Para trabalhar a prevenção, um dos procedimentos é a realização de exames e testes rápidos desde a entrada do interno no sistema prisional no Centro de observação, Classificação e Triagem de São Luís, que possibilita precocemente o diagnóstico. Além disso, são realizados exames e consultas de rotina nas unidades.

De acordo com o Boletim Epidemiológico produzido pela Seap, com levantamento de agosto a dezembro de 2019, foram realizados 4.560 testes rápidos na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, as DST’s.

Outra preocupação da equipe, são as doenças que aumentam fatores de risco como hipertensão arterial e diabetes, neste cenário foram realizados 2.444 exames preventivos. As doenças virais como a hepatite que causa inflamação no fígado, 4.708 custodiados foram avaliados.

No caso da tuberculose, doença causada por uma bactéria infecto-contagiosa, as ações realizadas pela Seap resultaram na redução dos casos, de 23 para apenas 11. Em caso de detecção de alguma doença, os internos prontamente são atendidos e ficam sob observação da SAS, assim como recebem medicação de acordo com o tratamento de cada enfermidade.

Ações Preventivas

A Seap também disponibiliza como forma de prevenção ações de acordo com o calendário do Ministério da Saúde, que visam reforçar e manter os reeducandos sempre informados sobre as doenças sazonais com a realização de palestras, rodas de conversa, consultas e mutirões.

Em Janeiro as atividades foram voltadas para a saúde mental com a campanha ‘Janeiro Branco’, o que fortalece as ações para a promoção do bem estar físico, social e mental. E a campanha educativa ‘Janeiro Roxo’, que visa prevenir e combater a hanseníase.

Para o mês de fevereiro, é a campanha Laranja/Roxo, onde serão realizadas as ações em combate à Leucemia, Lúpus, Fibromialgia e Mal de Alzheimer.

Texto: Camilla Andrade

Fotos: Clayton Monteles

——————————————————————————————

Contatos

contatos

GERAL

Fone: (98) 99101.5131

Localização

localização