29/03 7:30

Heróis da vida real: servidores do sistema prisional do Maranhão mantêm serviços essencias na execução penal

Segurança prisional atua em atividades rotineiras no Complexo Penitenciário de São Luís

Durante as medidas adotadas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), na prevenção ao Coronavírus (Covid-19) e a gripe H1N1, mais de 4 mil servidores do sistema penitenciário seguem realizando seu trabalho em benefício à população maranhense.

Dando exemplo de heróis da vida real, são os servidores do sistema prisional do Maranhão que trabalham dia e noite, seja no administrativo ou no operacional, para que melhorias aconteçam, Pessoas Privadas de Liberdade (PPL´s) possam ser atendidas e ações de humanização se tornem cada vez mais eficientes.

“Os servidores do sistema prisional do Maranhão estão cumprindo o seu papel e também sendo ‘verdadeiros heróis’ da nossa população. Neste momento, onde a orientação é de ficar em casa existem aqueles que precisam continuar sua missão em benefício à população do nosso Estado”, destaca o secretário Murilo Andrade de Oliveira.

Os trabalhos seguem na sede da Seap, localizada na Vila Palmeira, e nas 45 unidades prisionais do Estado com um fluxo reduzido de pessoas para evitar aglomerações. São serviços essências que vão desde o administrativo, à segurança prisional e de humanização da execução penal.

Ações de saúde

Equipe de saúde da SEAP durante trabalhos preventivos voltados aos servidores

Nesses últimos dias, além das atividades de rotina, as equipes de saúde estão intensificando ações para prevenção ao Covid-19 e à gripe H1N1, e na busca ativa para detecção de possíveis sintomas nas Pessoas Privadas de Liberdade.

Outra demanda é atender os servidores, na realização de triagem no local de trabalho, que vai desde os padrões de higienização e avaliar sintomas como gripe, tosse ou mudança na temperatura.

Setores da SEAP diminuem fluxo de pessoas nos locais de trabalho

Os servidores também montaram uma força tarefa para distribuição de materiais de higiene e kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para todas as unidades prisionais do Estado.

Para os servidores que estão com imunidade baixa, estando gripados, maiores de 60 anos, aqueles que convivem com idosos, ou em grupo de risco, foi recomendado o orientado o home office durante os dias de quarentena.

 

TEXTO: Camilla Andrade

FOTOS: Clayton Monteles

 

—————————————————————————————-

Contatos

contatos

GERAL

Fone: (98) 99101.5131

Localização

localização