17/12 10:44

Governo realiza capacitação para profissionais de saúde do sistema prisional

Secretário Marcos Pacheco

 

Com o objetivo de atualizar os profissionais que prestam assistência à saúde à população privada de liberdade, o Governo do Estado realiza capacitação voltada aos médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem que atuam nas Unidades de Atenção à Saúde dentro do sistema prisional de São Luís.

Iniciado no último dia 9, a capacitação segue até o dia 18 de dezembro, no auditório da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), com os profissionais de saúde que atuam na Unidade Prisional de São Luís (UPSL2), tendo cronograma para o próximo ano voltado aos profissionais das demais unidades de São Luís e interior do estado.

O intuito da capacitação é organizar o atendimento dos apenados considerando as doenças mais prevalentes, a estratificação de risco e condições clínicas, o plano terapêutico e cuidado continuado, visando qualificar as práticas das equipes de saúde atuantes no sistema prisional.

O conteúdo tem foco no conhecimento do fluxo e manejo correto de atendimento considerando os agravos mais prevalentes: diabetes, hipertensão, hanseníase, tuberculose, asma, infecções sexualmente transmissíveis, pacientes colostomizados e transtorno mental. A capacitação utilizará protocolos, procedimentos operacionais padrão e contará com material de apoio didático.

Marcos Pacheco, secretário de Estado de Políticas Públicas e médico sanitarista, ministrou o conteúdo aos profissionais de saúde voltado para três linhas de cuidado: hipertensão, diabetes mellitus e asma. “O sistema prisional do Maranhão já é destaque nacional em educação, trabalho e ocupação de seus internos. Agora seremos também na área da saúde, capacitando os profissionais de saúde à qualificação da assistência”, destacou Pacheco.

Palestra aos servidores

O curso também propicia o exercício das práticas assistenciais pautadas nas recomendações da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no sistema prisional através de situações reais, avaliando o processo de trabalho da unidade, além de destacar potencialidades e fragilidades na assistência a pessoas privadas de liberdade, a partir do aperfeiçoamento teórico-vivenciado no curso.

Para Murilo Andrade, secretário de Estado de Administração Penitenciária, as capacitações ofertadas aos servidores são constantes e essenciais. “Nós queremos realmente dar um dinamismo maior na questão da saúde no sistema prisional. Nós pegamos nossos profissionais, colocamos em contato com quem tem vasto conhecimento, para realmente a gente conseguir que o indivíduo que se encontra preso passe pelo sistema prisional com toda a saúde necessária e retorne para a sociedade apto para o trabalho e com a saúde em dia”, explicou o secretário.

A enfermeira Elisângela Pereira trabalha há quatro anos na Unidade Prisional Feminina, em Pedrinhas, e contou que é um diferencial ter constantes momentos de reciclagem ofertados pelo Governo do Estado. “Aqui estamos trocando ideias, pois o trabalho em cada sistema é diferente. Essa renovação de saberes é muito importante, principalmente no que tange à organização do fluxo de atendimentos, dos agravos mais prevalentes”, disse Elisângela.

A atividade é uma ação conjunta da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), Secretaria de Estado da Saúde (SES) – por meio da Força Estadual de Saúde do Maranhão (Fesma) e da Escola de Saúde Pública do Estado do Maranhão – e Secretaria de Estado de Políticas Públicas (SEEPP).

———————————————————

Contatos

contatos

GERAL

Fone: (98) 99101.5131

Localização

localização